terça-feira, 19 de março de 2013

Como eu sinto saudade de lá
De pode andar pelas ruas no centro do mundo
De ver gente de todo tipo
De todo lugar
De estar longe de casa
E de poder voltar...


Existem momentos que é só decepção... é com amigo, é com "amigo"... com todo tipo de amigo.

Quantas máscaras nós usamos?

segunda-feira, 18 de março de 2013

É Preciso

É preciso fazer muito mais do que gostar
É preciso fazer muito mais do que sentir
Esse gostar engana,
O seu sentir te faz mentir.

É preciso muito mais coisa do que olhares
que parecem sinceros
numa noite de estrelas
numa cachoeira deserta

É preciso fazer muito mais do que gostar
É preciso fazer muito mais do que sentir
Esse gostar engana
E o teu mentir me faz partir
Recado dado.


Na Sua Estante


Te vejo errando e isso não é pecado,

Exceto quando faz outra pessoa sangrar

Te vejo sonhando e isso dá medo


Perdido num mundo que não dá pra entrar

Você está saindo da minha vida

E parece que vai demorar


Se não souber voltar ao menos mande notícias

"Cê" acha que eu sou louca

Mas tudo vai se encaixar


Tô aproveitando cada segundo

Antes que isso aqui vire uma tragédia


E não adianta nem me procurar

Em outros timbres, outros risos

Eu estava aqui o tempo todo

Só você não viu


E não adianta nem me procurar

Em outros timbres, outros risos

Eu estava aqui o tempo todo

Só você não viu


Você tá sempre indo e vindo, tudo bem

Dessa vez eu já vesti minha armadura

E mesmo que nada funcione


Eu estarei de pé, de queixo erguido

Depois você me vê vermelha e acha graça

Mas eu não ficaria bem na sua estante


Tô aproveitando cada segundo

Antes que isso aqui vire uma tragédia


E não adianta nem me procurar

Em outros timbres e outros risos

Eu estava aqui o tempo todo

Só você não viu


E não adianta nem me procurar

Em outros timbres, outros risos

Eu estava aqui o tempo todo

Só você não viu


Só por hoje não quero mais te ver

Só por hoje não vou tomar minha dose de você

Cansei de chorar feridas que não se fecham, não se

Curam (não)

E essa abstinência uma hora vai passar

sexta-feira, 15 de março de 2013

Hoje eu precisava te falar tanta coisa... que as lágrimas que me escorrem são as palavras que eu não te disse.

quarta-feira, 6 de março de 2013

Deuses a Namorar

Foi de madrugada, por volta das três que, sob a chuva avistou os faróis do carro dele.
E ali, debaixo do guarda-chuva, numa quarta-feira qualquer, ele a tomou em seus braços
Ao som dos trovões da tempestade, beijou-a.

Seu corpo não escondia o desejo e a saudade, o dela tão pouco tentava.
Surpresa, realizada, intrigada e feliz, se deixava tomar com volúpia
Pelo homem que sempre quis.

Sim, ela estava apaixonada.
Sim, aquilo deles paixão.
O medo, a dúvida não cabiam neles, não.

E sob um céu particular, com estrelas brilhantes,
E a chuva insistindo lá fora,
Na cama dela, em seu altar, eles eram deuses a namorar.